NOTÍCIA


Crédito: Associação Brasileira de Enologia

Divulgação

PARA ENTENDER - ACONTECE

O caminho dos técnicos na coleta das amostras para Avaliação Nacional de Vinhos


BENTO GONÇALVES - Depois de sensibilizar vinícolas de todo o país a inscrever suas amostras na maior degustação de vinhos de uma safra do mundo, a Associação Brasileira de Enologia (ABE), juntamente com a Embrapa Uva e Vinho, parceira técnica do evento, se dedicou a recolher amostra por amostra e apresenta um pouco do metódico trabalho de bastidores que faz parte da avaliação.

Crédito: Associação Brasileira de Enologia

Divulgação


Neste ano, foram 401 amostras de 56 vinícolas. O trabalho foi realizado entre 24 de agosto e 4 de setembro, onde técnicos percorreram o Brasil, passando de vinícola em vinícola, coletando direto dos tanques de aço inox, das barricas de carvalho ou no próprio estoque em caso de já estarem engarrafadas, as amostras que serão avaliadas.

Crédito: Associação Brasileira de Enologia

Divulgação


Nas vinícolas foram coletadas nove garrafas de cada amostra inscrita, cada uma com código próprio, sem rótulo, sem marca. Foram vedadas com rolha no local e acondicionadas em caixas de papelão da ABE, próprias para o transporte. A identificação é feita conforme ficha de inscrição. Teve amostras que percorreram mais de 3 mil quilômetros para chegar em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, onde serão avaliadas tecnicamente às cegas por dezenas de enólogos brasileiros como acontece todos os anos no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho.

Crédito: Associação Brasileira de Enologia

Divulgação


Crédito: Associação Brasileira de Enologia

Divulgação







Mais...
ComentarTirar
Dúvida
Seguir
Por
E-Mail
Ver
Mais
Notícias
Ver
Produtos
e Livros

PUBLICAÇÃO DE 9 DE SETEMBRO DE 2020


Ver mais notícias


Compartilhar

Tags  para entender, acontece, abe, bento gonçalves, rs, brasil, avaliação nacional de vinhos


Pesquisar no Vinho&Cia

Seguir o Vinho&Cia nas redes sociais

    

  © ConVisão | Desde 1991