NOTÍCIA


Crédito: Site Empratado/Marcio Palermo

Almaviva

O QUE BEBER - QUE VALE A PENA

A virtuosidade do Almaviva 2017


SÃO PAULO - POR GLAUCIA BALBACHAN -
O implacável Almaviva

No inicio do mês de setembro, o enólogo chefe e diretor Michel Friou esteve em SP para apresentar a safra 2017 do icônico Almaviva em jantar exclusivo. Naquele mesmo período acontecia seu lançamento na Place de Bordeaux.

Crédito: Site Empratado/Marcio Palermo

Almaviva 2006


Quando se fala em Almaviva, sempre se gera uma grande expectativa, um consenso comum de suntuosidade que onde é possível também conhecer e reconhecer as origens da fusão cultural entre a chilena Concha y Toro e francesa Mouton Rothschild.

Friou é um dos enólogos mais virtuosos que já tivemos contato. Traz com ele uma conexão forte e direta entre vinhedo e vinho respeitando o terroir. Contrastres e texturas são boas palavras que traduzem o resultado de seu trabalho dentro da taça. Michel une profundo conhecimento, expertise e tecnologia – sabe lidar de forma decisiva qualquer risco que a natureza traga as uvas. É um super mestre em fazer vinho.

Crédito: Site Empratado/Marcio Palermo

Michel Friou


Entre as safras 2015 a 2017, a Viña Almaviva tem ganho reconhecimento e pontos, 100 pontos James Suckling para a safra 2015 que foi uma grata surpresa de equilíbrio, taninos bem colocados e as inusitadas notas florais. A safra 2016 fresca, frutada e intensa mostrou taninos e acidez de mãos dadas no equilíbrio em boca. Já a safra 2017 foi a cereja do bolo dobrando mais 100 pontos James Suckling para coroar o trabalho da marca franco-chilena.

Michel conta que a safra de 2017 foi quente e que a rega foi administrada de maneira cuidadosa e a colheita feita 2 semanas antes do previsto. O rendimento foi menor e o resultado lapidado como uma joia.

Crédito: Site Empratado/Marcio Palermo

Almaviva 2017


Para 2017 o blend foi 65% Cabernet Sauvignon, 23% Carménère, 5% Cabernet Franc, 5% Petit Verdot e 2% Merlot. O nariz é encantador, com frutas vermelhas e frescas, cassis, notas mentoladas e nuances de especiarias. Já no paladar é exuberante com muitas frutas tais como: ameixa, cereja, cassis, acidez gostosa, taninos presentes e trabalhados. Marcante e carnudo garante um final longo e feliz. Está incrível.

A safra 2017 do Almaviva chega em dezembro com o valor aproximado de R$1.200,00.




Serviço
Lançamento Almaviva safra 2017 – SP
www.almavivawinery.com


Glaucia Balbachan (de São Paulo) é jornalista, autora do site empratado.com.br


Mais...
ComentarTirar
Dúvida
Seguir
Por
E-Mail
Ver
Mais
Notícias
Ver
Produtos
e Livros

PUBLICAÇÃO DE 21 DE NOVEMBRO DE 2019


Ver mais notícias


Compartilhar

Tags  o que beber, que vale a pena, empratado, são paulo, sp, brasil, almaviva 2017, michel friou


Pesquisar no Vinho&Cia

Seguir o Vinho&Cia nas redes sociais

    

  © ConVisão | Desde 1991